Tática sofisticada para vender mais alcoolismo.

O esquema tático da Heineken para ativar a Champions League no Brasil

del piero 1

Futebol de muita qualidade e uma das cervejas mais amadas do mundo. A Heineken parece ter o sistema de jogo ideal para trabalhar sua comunicação e ganhar campo em seu segmento de mercado. Vale lembrar que marca tem os direitos de propriedade para trabalhar com a UEFA Champions League, o maior campeonato de clubes do mundo. Mas isso significa que o jogo está ganho? Certamente não. Assim como nos campos, além de talentos e atributos, vencer requer uma grande dose de estratégia.

Na última semana, a marca holandesa escolheu o Brasil como palco para a sua ativação global Champion the Match, um combo de ações que, entre outras iniciativas, inclui a participação de grandes estrelas do futebol com o público e a imprensa local. Não à toa, na última quarta-feira (06) o ex-jogador italiano Alessandro Del Piero esteve em São Paulo para comentar ao vivo os lances do jogo Real Madrid X Wolfsburg e interagir com os seguidores do Twitter @heinekenbr. Por meio da hashtag #championthematch, os fãs puderam enviar perguntas e saber as opiniões do ídolo sobre a partida.

Tática sofisticada

Para não ficar apenas no papo com Del Piero, a marca também trouxe para o Brasil a taça da Champions, que ficou exposta na Trophy Tour, exposição que foi realizada no MUBE, em São Paulo, entre os dias 1 e 3 de abril. “A barra é alta no Brasil. As pessoas sempre esperam coisas legais de Heineken e ao mesmo tempo a Champions League tem crescido ano após ano por aqui. A Champion the Match é uma ação global e o país foi escolhido por ser um dos grandes potenciais da companhia. Além disso, o brasileiro sente-se conectado com o maior campeonato de clubes do mundo, mas costuma apenas vê-lo pela televisão. É essencial essa aproximação”, explica Renata Silva, gerente de marketing da Heineken.

Além de todas essas movimentações em conjunto, como se fosse um time atacando em bloco, a Heineken também gravou um filme que estreou nesta semana nos canais da marca nas redes sociais. O mote é um desafio para a audiência dos jogos no mercado brasileiro: as partidas acontecem no horário comercial no país, quando as pessoas estão geralmente trabalhando em seus escritórios. Para ajudar os torcedores a driblarem seus chefes e conseguirem acompanhar as partidas, Del Piero dá dicas de como os funcionários podem distrair seus patrões para saírem do trabalho e acompanharem os jogos de volta das quartas de final. O filme protagonizado pelo ídolo da Juventus foi gravado em São Paulo, em um ambiente de escritório. A produção é da TribalDDB e a filmagem da Conspiração Filmes.

Veja aqui.

O Adnews acompanhou parte das filmagens e constatou o alinhamento tático de todo o processo de ativação, incluindo a apertada agenda do atleta, que grava comercial e interage com fãs e imprensa em menos de 48 horas. “É uma agenda desafiadora. Todos os layers de aprovação estão aqui alinhados, todo o script é muito bem definido para que tudo saia perfeito. A ação foi pensada no ano passado, mas a execução de tudo precisa ser muito ágil para casar com o time do jogo. O storytelling precisa acontecer exatamente dessa maneira”, ressalta Renata.

Por Renato Rogenski

Fonte: Adnews

Textos correlatos:

Mulheres e drogas: relações pessoais, sociais e tratamento.
Por que cervejeiro é empresário e dono de “boca de fumo” é traficante?

“Mídia e publicidade influenciam nos transtornos mentais”

Quem vende doenças?

Paulo Pimenta: “Brasil está de joelhos para a indústria da cerveja, agências de publicidade e mídia

“Beba moderadamente” não funciona.

1 comentário em “Tática sofisticada para vender mais alcoolismo.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *